Criptomoedas se destacam no Brasil com rentabilidade acima de 100%

by: Dynasty GI2021-12-08
Pesquisa feita pela Faculdade de Economia da Fundação Getúlio Vargas em parceria com o University Blockchain Research Initiative (UBRI) aponta que os ETFs de Bitcoin e Ethereum obtiveram alta superior a 103% em cinco meses. Em razão desse desempenho, foram considerados os mais rentáveis do Brasil em 2021.
Os ETFs que tiveram maior rentabilidade e que foram negociados na B3, a Bolsa de Valores do Brasil, são da QR Asset Management. Eles foram seguidos por ativos da Hashdex. Para medir de forma segura esses índices, a UBRI tem uma parceria entre a Ripple e as melhores universidades do mundo para apoiar a pesquisa acadêmica, o desenvolvimento técnico e a inovação em Blockchain, criptomoedas e pagamentos digitais.

De seu lado, a Ripple possui a mais avançada tecnologia de Blockchain. O estudo ouviu 576 investidores na busca de mapear o perfil deles e constatou que 50% dos investidores de criptomoedas começaram a aplicar nesse mercado entre os anos de 2020 e 2021. Apenas 12% dos entrevistados responderam ter iniciado seus aportes em 2016 ou antes.

Já para os 38% restantes, os investimentos aconteceram no período de 2017 a 2019. O mercado de fundos de ETF cresceu consideravelmente, mostra o estudo. Em março deste ano eram 75 ETFs listados na B3, sendo 36 brasileiros e 39 estrangeiros. Agora, no 4º trimestre já são 148 fundos, sendo 61 brasileiros e 87 de fora. Para o CEO da Dynasty Global Investments AG, Eduardo Carvalho, esse cenário é muito bem-vindo e já era esperado.

Compartilhe:

Mais sobre a Dynasty

D¥N News

Informações, notícias e novidades sobre o mundo cripto.

Siga a Dynasty

Contato

Av. Brg. Faria Lima, 4055
São Paulo, SP | 04538-030

A Dynasty Global não faz oferta pública no Brasil.